Deusa das Feras – Relacionamento

A mulher é receptiva a forma do círculo e facilmente se entrega aos ensinamentos mágicos praticados dentro dele, pois se identifica com a simbologia universal e cíclica do círculo, uma fonte energética natural.

Encontro 5.4.19

Deusa das Feras – Relacionamento

Abertura intuitiva ativando as energias dos planos de baixo, do meio e de cima, com dança circular. Música “Vou banindo”.

Apresentação e partilha.

A Deusa:

A Deusa, A Mãe, A Mãe Terra, representa toda a energia feminina no universo. Todas as faces da deusa estão em nós. Cada atributo, qualidade, força ou característica estão representadas em diferentes nomes através de diferentes mitologias e religiões pelo mundo todo. Nossos encontros estudam as forças do feminino distribuídas em diversas deusas como fonte de inspiração. Na Suméria, por exemplo, Inana é a deusa mãe que de dia é a rainha da batalha e de noite é fertilidade, prazer e amor. Na Babilônia, Ela é Isthar. Entre os hebreus, é Astarte. No Egito, Ela é Isis. Na Grécia, Deméter, na tradição Iorubá, Oxum. A cada encontro estudaremos os principais atributos de cada deusa e faremos rituais de reflexão e fortalecimentos dessas energias em nós.

Senhora das Feras – Mitologia:
(extraído e adaptado do livro O Oráculo da Deusa, de Amy Sophia Marashinky)

A Deusa representada pela Senhora das Feras era mais conhecida pelos povos da Suméria, Creta e Índia. Ela também era chamada de Creatrix Cósmica, que representa a força criativa, fértil e doadora de vida. Na carta do oráculo ela é representada como uma mulher grávida, cercada de animais sagrados prenhes, o que demonstra sua forte simbologia de fertilidade. Normalmente ela aparece com um leão ao seu lado, indicando soberania e força.

Leitura sobre a deusa em relaxamento:

O que eu quero é a união, de um jeito agradável e apropriado
Começo a dança com o outro 
Sabendo que ela me levará a todos os lugares que temo
E a alguns lugares que amo
Pois há muitos lugares que precisam ser curados em mim
Ouço com o coração
Me comunico de um lugar de autoconhecimento 
Conscientemente me entrego
Mas quando for necessário, sei como me resgatar
Vejo-me refletida tão perfeitamente no outro
Tudo que amo e que odeio vejo refletido no outro 
E assim inicio minha jornada mais importante
Conhecendo a mim mesma através do outro
Para buscar, encontrar, reconhecer e acolher a mim mesma
Através das minhas relações
E só a partir daí
Poder explorar mais de mim mesma e acessar meu pleno poder

Anotações e reflexão:

A Senhora das Feras está aqui para lhe dizer que é hora de você concentrar-se em relacionamentos que te apoiem, alimentem seu coração e sua alma. Como um filho, como um animal, um amante, a família, amigos. Ela também está aqui para lembrá-la que relacionar-se com os outros possibilitará que você veja os aspectos de si mesma que normalmente não vê. Pois os relacionamentos são o espelho no qual você pode ver realmente quem você é. Seu poder é alimentado quando você enxerga de fato quem você é, aceita o que vê, e tenta mudar o que precisa ser modificado. Ela também está aqui para te perguntar quais relacionamentos você está mantendo? Tóxicos, prisões, que te deixam ansiosa ou relacionamentos que ambos aceitam seus próprios aspectos, assumem sua responsabilidade e cada uma faz a sua parte? Talvez você mantenha um relacionamento ofensivo ou que a magoe por falta de sua própria flexibilidade. Talvez a pessoa em questão apenas não esteja tão atenta as suas questões e cabe a você trazer a luz. Este pode ser o momento de lamber suas feridas, pegar seu poder e ir adiante. Talvez um pouco mais de comunicação ou aceitação possa ajudar essa relação. Se você deseja um relacionamento, este é o momento de abrir-se. A dança do relacionamento é um método rápido e profundo para evoluir a consciência e acessar seu poder pessoal. Pois as relações são alegres, dolorosas, frustrantes, animadoras, aniquilantes, e valem completamente todas as penas.

Os principais atributos da deusa são fertilidade, soberania, força, relacionamento, união e troca de experiências. É necessário experimentarmos lugares que tememos e lugares que amamos, para nos conhecermos melhor e, assim, lugares internos nossos sejam curados. Nutrir relações. Manter relações que nos nutrem. Ouvir com o coração. Entrega. Ver nosso reflexo no outro (bom ou ruim). Força criativa e fértil, doadora de vida. Família. Amante. Filhos.
Você está alimentando boas relações?
Você está se permitindo relacionar-se e entregando-se a trocas afetivas?
Você está rodeada de relações que te alimentam ou te incomodam?
Escreva com clareza suas necessidades na relação. Qual emoção sua que está em torno desta necessidade? Escreva no que você acha que deve ter mais cooperação ou compreensão nesta relação.
Nas suas relações todos ganham? Você alimenta ou apenas espera ser nutrida?

Conexão com o Chacra, conduzido por Gaby.

Dança da deusa, conduzida por Suzi:

Em circulo, cada uma realiza movimentos livres com seu corpo e todas copiam. A integrante escolhe outra integrante e passa o movimento através de um abraço. Esta então vai até o centro e faz sua dança livre enquanto as demais a acompanham. As demais seguem até finalizar o circulo. A dança contagiante das relações no diz que quando uma pessoa passa por nossas vidas ela já deixou sua marca por menor que seja e já não somos mais as mesmas, pois já temos um pouquinho dela.

Meditação guiada.

Partilha e fechamento.

Suzi Ribeiro.

Este é um movimento de resgate da espiritualidade feminina, com partilhas e vivências, onde estudamos as deusas mitológicas como representação da multiplicidade de energias, fases e atributos femininos. Os alimentos e bebidas podem ser trazidos pelas integrantes. Tenham um caderno de anotações para auxiliar as práticas. Trazer manta em dias frios. Valor de troca R$20 vinte reais..